O universo dos games em expansão

O universo dos games em expansão

Se comparado a outras áreas da indústria do entretenimento, como de música e cinema, o segmento de games disparou em uma corrida que já liderava com certa vantagem. Para se ter uma ideia, apenas no mês de março o setor movimentou US$ 10 bilhões no mundo todo.

Sabendo que esse ano, será o ano dos games, com 2,7 bilhões de pessoas, cerca de um terço da população global será jogadores, segundo a newzoo. Por isso a Full Sail University criou um cardápio de webinars gratuitos, em português e em inglês, para todos interessados em conteúdo dentro do mercado de games, animação, música, designer, artes e 3 D. Os encontros terão entre 60 e 90 minutos de duração e serão realizados na plataforma zoom. Os temas trabalhados incluem mercado de jogos digitais, plataformas de redes sociais, mercado de publicidade e propaganda, storytelling, entre outros.

Além disso a Universidade Americana, está disponibilizando 3 bolsas de estudos, para brasileiros. “A ideia é que os jovens não desistam dos sonhos, nós da Full Sail University, acreditamos nisso”. Comenta Carol Olival, Community Outreach Director.

Para mais informações sobre os programas, cursos, estúdios da Full Sail University e também bolsas de estudo e desenvolvimento de carreiras, visite o site http://www.fullsail.edu.

Sobre a Full Sail:

Localizada na Flórida (EUA), a Full Sail University é reconhecida como uma das mais importantes universidades na indústria do entretenimento. A instituição oferece mais de 90 cursos, voltados para as áreas de entretenimento, media, artes e tecnologia. Todos eles de associados, bacharelados e mestrados, além dos Labs, curso de verão intensivo com duração de uma semana,

Hoje conta com mais de 16 mil estudantes de 73 países diferentes. A universidade já formou profissionais cujos projetos foram reconhecidos nas principais premiações do segmento, como Grammy’s e Oscar.

A tendência da gamificação para aumento de engajamento

A tendência da gamificação para aumento de engajamento

A Level Engajamento e Performance é o resultado da união de mais de 15 anos de expertise de seus colaboradores em consultoria para o varejo. Com o objetivo de alinhar o propósito entre colaboradores, gestão e acionistas por meio da gamificação, a empresa replica no Brasil um movimento que já está sendo adotado há anos em outros países.

“A gamificação como ferramenta de engajamento para o varejo é algo relativamente novo por aqui”, explica Raul Schikmann, sócio da empresa: “o formato de competições  para gerar interação entre as pessoas, ou mesmo para criar campanhas, começou a ganhar popularidade nos últimos anos, mas não havia ainda uma plataforma estruturada com a visão voltada a performance, que proporcionasse aos gestores reunir, em um só lugar, competições, acompanhamento de metas, treinamentos e premiações”, enfatiza ele.

Quais as vantagens da gamificação? “A primeira informação que precisamos levar em conta é que, nas empresas, no geral, 2 entre cada 3 colaboradores estāo insatisfesitos e também pouco engajados com suas tarefas do dia a dia, sejam elas voltados a vendas ou a outras finalidades. Infelizmente, esse é um panorama recorrente”, lembra Raul. Através do aumento do engajamento, ganha-se em satisfação dos clientes e vendas, um crescimento, segundo os criadores da plataforma, de uma ordem de 18% e 28%, respectivamente, além de cerca de 32% menor turnover de colaboradores.

“A maior vantagem, ao nosso ver, é o fortalecimento dos elos entre acionistas e gestores e também entre gestores e colaboradores. Ao contrário de metas consideradas enfadonhas e desmotivadoras, temos uma ferramenta que traz, de forma divertida e atual, um aumento natural de performance”, explica o empresário. A explicação estaria no acionamento, por meio da plataforma, das 5 alavancas intrínsecas à motivação humana: autonomia, recompensa, propósito, progresso e interação social.

O app já está em fase de implementação em redes varejistas. Os números de cases similares no exterior são promissores, e a promessa é repetir o sucesso por aqui: “o mercado está sempre em busca de maneiras simples de melhorar performance e, em tempos de crise como a que estamos vivendo, trilhar esse caminho de uma forma mais orgânica é ainda melhor”, finaliza Raul.

Mercado de games segue aquecido durante a quarentena

Mercado de games segue aquecido durante a quarentena

Apesar da quarentena ter sido marcada por uma crise econômica que afetou vários setores, o mercado de games parece não ter sofrido tanto os efeitos da crise, muito pelo contrário, foi um dos únicos impactados positivamente em meio à pandemia. Uma pesquisa realizada pela SuperData, consultoria especializada no mercado de games, mostra que os gastos no mundo com jogos digitais em março deste ano ultrapassaram a marca de US$ 10 bilhões, quando as medidas de isolamento social foram colocadas em práticas.

Já uma pesquisa da consultoria Nielsen Brasil feita no mesmo período, mostra que consoles tiveram crescimento de 137% de vendas no varejo, enquanto jogos e periféricos subiram 103%, comprovando a tendência de crescimento mundial. A fabricante nacional de equipamentos de proteção de energia, TS Shara, também constatou aquecimento nas vendas nas linhas de nobreaks para PC gamer, acompanhando a demanda do mercado.

“O mercado de games no Brasil evoluiu muito e se profissionalizou, o que fez com que o consumidor ficasse mais atento à preservação dos seus investimentos. Além de periféricos e acessórios, o nobreak hoje se tornou uma peça-chave tão importante na hora de jogar quanto o computador. Além de proteger os PCs contra as instabilidades da rede elétrica, que diminuem a vida útil das máquinas, os nobreaks conectados ao PC gamer asseguram ao jogador uma boa experiência, evitando a interrupção das partidas ocasionadas pela falta de energia, muito comuns em determinadas épocas do ano em um país com dimensões continentais”, afirma Pedro Al Shara, CEO da TS Shara.

De acordo com o CEO da TS Shara, o mercado Gamer tem se mostrado tão promissor que nos últimos anos a empresa tem dedicado uma linha específica para atender o segmento. “O nobreak do tipo Senoidal é o mais indicado para trabalhar com máquinas de alto desempenho, como é o caso dos PCs gamers, porque foi desenvolvido para equalizar e equilibrar as ondas em seu formato mais puro. Ou seja, esse tipo de nobreak acaba padronizando o fornecimento de energia a fim de garantir a segurança e o funcionamento correto destes aparelhos de alto custo, que são muito sensíveis a eventuais descargas elétricas”, explica.

Além de integrar as funções de filtro de linha e estabilizador, o nobreak do tipo Senoidal também conta com uma poderosa bateria que oferece autonomia para que consoles e computadores continuem operando, mesmo quando ocorre a falta de energia. “A duração da autonomia vai depender da quantidade de dispositivos conectados ao nobreak, mas caso o jogador queira aumentá-la por até uma hora ou mais, basta incluir módulos externos de bateria no equipamento. Com isso, é possível ganhar tempo suficiente para encerrar partidas online e salvar o progresso feito no jogo com segurança, sem afetar o seu desempenho”, conclui Al Shara.

Sobre a TS Shara

Com 30 anos de atuação, a TS Shara é uma empresa nacional, e uma das líderes de mercado, fabricante de nobreaks, inversores e estabilizadores de tensão e protetores de rede inteligente. No segmento de baixa e média potência, é hoje uma das maiores e mais produtivas empresas no mercado brasileiro de equipamentos de proteção e energia, oferecendo uma linha completa de produtos que somam mais de 200 itens para atender o mercado SOHO.

Com fábrica em São Paulo, a empresa está presente em todo o país por meio de 250 unidades de assistência técnica, além de revendedores e distribuidores que juntos totalizam mais de 380 canais, além de exportar para mais de 15 países.

Todos os produtos fabricados pela TS Shara passam por um rigoroso controle de qualidade e são homologados em importantes centros de pesquisas e desenvolvimento, como o laboratório da TÜV Rheinland, acreditado pelo Inmetro. A TS Shara possui ainda importantes reconhecimentos, entre eles, o Certificado de Qualidade de acordo com a norma ISO 9001, que a empresa mantém há mais de dez anos.

Pin It on Pinterest