Startup integradora de marketplaces projeta movimentar R$ 4 bi

por | jul 20, 2022 | Noticias

O mercado de startups no Brasil foi, em certa medida, surpreendido nos últimos dias com a notícia de que algumas empresas unicórnios – aquelas que ultrapassaram o US$ 1 bilhão de valor de mercado – estão demitindo diante da desaceleração de investimentos. Mas o baque, apesar de preocupante, não é regra. Empreendimentos que alcançaram crescimento sustentável se mostram preparados para enfrentar a turbulência.

Até porque, para além desses casos pontuais, o mercado de startups no país registra um ciclo de crescimento a partir de 2014. De acordo com a Associação Brasileira de Startups, entre 2015 e 2019, o número de startups criadas saltou de 4,1 mil por ano para 12,7 mil. Os dados mais recentes, do último ano, indicam que o Brasil tem mais de 14 mil startups, distribuídas em 710 cidades em todo o território nacional.

A disseminação desses empreendimentos de base e de soluções tecnológicas é tanta que surgiram negócios para dar conta de organizar e integrar plataformas e assim facilitar o acesso a produtos e serviços, por parte do consumidor. Um desses negócios é a Magis5, que começou a ser desenvolvida em 2018 por seu fundador, Vitor Lima, e logo contou com a parceria de Claudio Dias, CEO da startup, que tem sede em Rio Claro, interior de São Paulo.

A Magis5 é uma solução que integra marketplaces e plataformas de e-commerce. Se o noticiário recente alertou para a demissão em algumas empresas unicórnios, na startup interiorana paulista o momento é de ampliação do quadro de colaboradores. Atualmente, são 65. Existem várias vagas abertas para funções como, por exemplo: Analista de Desenvolvimento Java Sênior, Assistente Administrativo e Analista de Qualidade.

“Estamos em uma ascensão sustentável. Depois de um faturamento anual de R$ 700 mil em 2020, em 2021, mês a mês fomos crescendo, em média, 10%”, informa o CEO, Claudio Dias. Em relação a 2021, o crescimento projetado do faturamento é da ordem de 320%, ainda segundo Dias. A meta em 2022 é ultrapassar a marca dos R$ 4 bilhões em valores transacionados, volume mais de três vezes superior aos R$ 1,2 bi transacionados em 2021.

No primeiro trimestre deste ano, os valores transacionados passaram da casa do meio bilhão – chegando a R$ 540 milhões. O caminho? Solução tecnológica que passou a ser reconhecida no mercado pela eficiência e consequente ampliação no portfólio de clientes. Portfólio este, por sinal, que conta com players de peso, como Mercado Livre, Amazon e Olist. “Recebemos, neste ano, o certificado de integrador ‘diamante’ do Magazine Luiza, o que é uma importante chancela para o mercado”, ressalta o fundador da Magis5, Vitor Lima, que é CTO da startup.

“Como um ‘hub de integração’ fazemos ainda interface de grandes ERPs, como Bling, Omie, Tiny, SAP e TOTVS, além dos principais marketplaces, como os já citados”, acrescenta o executivo. “Com a solução, gerenciamos toda a operação do vendedor a partir de um único painel de maneira centralizada e automatizada.”

A tecnologia é a mesma tanto para grandes, como para pequenos e médios vendedores. Aliás, está no atendimento desta parcela uma das razões citadas por Dias e Lima como fundamentais para o sucesso e o crescimento sustentável da Magis5.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This