Startup cria tecnologia que ajuda pequenos comerciantes a se conectarem com grandes marketplaces

por | maio 24, 2022 | Noticias

Há quem precise de dias inspiradores para ter boas ideias, e existem pessoas como Vitor Lima e Cláudio Dias. Tudo começou na casa de Lima, o empresário, de 30 anos, que transformou uma pequena crise gerencial em um enorme salto de carreira e de vida. Foi em 2018, num dia de rotina, quando ele trabalhava como desenvolvedor em uma empresa e vendia alguns produtos nos marketplaces como forma de geração de renda complementar. A mãe, de 70 anos, ficava responsável pelo envio dos pedidos, mas, diante do volume – algo em torno de 300 pedidos por dia – ela acabava se atrapalhando em alguns processos. O resultado: pedidos cancelados e prejuízos.

Diante do problema, nasceu a solução. Vitor desenvolveu uma plataforma de gerenciamento e automatização dos produtos vendidos de maneira on-line. A solução que foi usada “em casa” por um ano e tinha o quarto do Vitor como escritório, e escalou rapidamente. Em uma parceria com Cláudio Dias, que já atuava em consultoria para e-commerce, nascia o Magis5, empresa que hoje tem 65 colaboradores, registra um crescimento médio de cinco vezes por ano e projeta crescer 320% até o final de 2022 e ultrapassar os R$ 4 bilhões em valores transacionados.

“Saímos de um faturamento anual de R$ 700 mil em 2020 e crescemos cinco vezes esse número em 2021, com um média de 10% ao mês”, diz Vitor, CTO da Magis5. “Começamos em 2018 muito simples. Foi quase um salto no escuro e realmente um desafio. Mas deu tudo certo”, completa Dias, o amigo que se tornou CEO da startup.

A empresa já atende centenas de vendedores brasileiros e das 4.500 lojas conectadas aos marketplaces, tem um portfólio de clientes de respeito, contando com os maiores vendedores das empresas Mercado Livre, Amazon e Olist, players gigantes no mercado de vendas online. Recentemente, fechou também com o AliExpress e recebeu o certificado de integrador diamante no Magazine Luiza. “O volume de vendas dos nossos clientes varia entre 600 e 150 mil pedidos por mês”, compartilha Vitor. A Magis5 bateu recordes de transações em valores: foram R$ 1,2 bilhões na plataforma (em 2021) e a expectativa é a de ultrapassar neste ano a marca de R$ 4 bilhões. Apenas no primeiro trimestre deste ano, a empresa já bateu os 540 milhões. 

Números robustos que, sem querer, pegaram carona com a pandemia. O impacto na saúde, que obrigou a população a ficar em casa, mudou a forma de comprar. Hoje, quase 80% das vendas on-line do Brasil passam pelos marketplaces. Dados da Neotrust mostram que em 2021 faturou R$ 161 bilhões, uma alta de 27% em relação a 2020.

No dia a dia de quem trabalha com o negócio, a solução proposta pela Magis5 significa qualidade de vida, exatamente aquela que certamente buscava a mãe do Vitor, no alto de seus 70 anos, lá em 2018. “Nosso propósito é ser muito mais do que um simples integrador de marketplaces. Nos posicionamos como um hub de automação que economiza tempo e dá liberdade para os vendedores”, destaca o criador da solução. Um dos maiores influenciadores do mercado de e-commerce, Igor Savoia, comenta que seus funcionários começam o trabalho às 6h da manhã e eram necessárias várias pessoas para cuidar do envio dos produtos, com muitas fases de processos manuais. Com o Magis5, os colaboradores iniciam a jornada 1h30 mais tarde, gerando uma economia de até 8 horas extras diárias e um quadro funcional de apenas duas pessoas no setor de Expedição.

Em quatro anos, a Magis5 subiu de posição no universo do e-commerce. Como um Hub de Integração, faz interface de grandes ERPs, como Bling, Omie, Tiny, SAP e TOTVS, além dos principais marketplaces do País, gerenciando toda a operação do vendedor a partir de um único painel de maneira centralizada e automatizada. Na plataforma, é possível criar anúncios de uma só vez, automatizar a impressão de notas fiscais e etiquetas de forma conjuntas, controlar estoques de CNPJs no mesmo dashboard, precificar produtos e obter relatórios. Magis5 é uma RetailTech B2B que atende pequenos, médios e grandes vendedores. “Procuramos oferecer a mesma tecnologia utilizada pelos grandes vendedores para os pequenos e médios, desta forma temos certeza que os nossos clientes vão utilizar a plataforma por muito tempo, uma vez que entregamos  valor ao negócio e trabalhamos com o cliente dia e noite para que isso aconteça”, sinaliza Cláudio.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This