Softex une-se à Microsoft para capacitar 100 mil mulheres em tecnologia

por | jun 29, 2021 | Noticias | 0 Comentários

Em mais uma iniciativa conjunta com a Microsoft, a Softex, por meio do programa Ela Empoder@, seu braço de empreendedorismo feminino e diversidade, está trabalhando para fortalecer a representatividade feminina na tecnologia.

Esse novo esforço ocorre por meio da parceria firmada com a plataforma digital MaisMulheres.Tech e com a comunidade de tecnologia WoMakersCode. Seu objetivo é capacitar 100 mil mulheres em todo Brasil através de cursos técnicos e orientação de carreira para fomentar a empregabilidade na indústria.

Segundo dados do Relatório Especial de Empreendedorismo Feminino no Brasil, divulgado no ano passado pelo Sebrae, 48% dos MEIs (Microempreendedores Individuais) são mulheres. Entretanto, no setor de TI, a participação feminina ainda é pequena: apenas 20% da força de trabalho do mercado formal de tecnologia da informação é formada por mulheres, de acordo com a pesquisa “Mulheres na TI”, realizada pela Softex. 

O MaisMulheres.Tech reúne seis trilhas de capacitações gratuitas e online para mulheres que estão no mercado de tecnologia ou em transição de carreira. São elas: Computação em Nuvem, Infraestrutura, Segurança da Informação, DevOps, Desenvolvimento e Ciência de Dados e Inteligência Artificial. Com duração entre 4 horas e 8 horas, todos os cursos são ministrados por mulheres e garantem às participantes declaração de conclusão. Após o preenchimento do cadastro, as aulas devem ser finalizadas em até 30 dias.

“Para enfrentar essa disparidade entre homens e mulheres no mercado de tecnologia, precisamos ampliar as oportunidades de formação e construção de carreira nesse setor. Na Softex, acreditamos no poder da diversidade e do empreendedorismo feminino como um impulsionador do empoderamento.  As vagas em TI cresceram 310% no ano passado, há uma alta demanda de trabalho e as empresas estão interessadas em apostar em novos profissionais. Nunca houve um momento tão favorável para enfrentamos esse gap da presença feminina na área de tecnologia”, avalia Rayanny Nunes, gerente de inovação da entidade.

Sobre a Softex

A Softex – Organização Social Civil de Interesse Público (OSCIP) é uma instituição privada sem fins lucrativos que atua há 24 anos em prol do fomento da Transformação Digital Brasileira. Com sedes em Brasília/DF e em Manaus/AM e escritórios espalhados pelo Brasil, a Softex possui 6 áreas, 21 agentes regionais, 51 Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT), 1 aceleradora exclusiva e mais 19 no portfólio, mais de 500 mentores e 30 embaixadores de comunidades. Possui uma base com 6 mil startups, sendo que 600 já receberam investimento externo. Os programas de capacitação da entidade dispõem de 529.676 alunos cadastrados. Atua em todos os estados do Brasil e em 20 países nos setores Industrial, Agronegócio, Comércio e Serviços e Logística nas verticais Gás e Óleo, Telecomunicações, Saúde, Aeroespacial, Automotivo, Segurança. Coordena três Programas Prioritários: o Programa para Promoção da Excelência do Software Brasileiro, Programa Nacional de Microeletrônica – PNM DESIGN, ambos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e o Programa de Empreendedorismo Inovador da SUFRAMA do Ministério da Economia. Em sua história, já intermediou mais de R$ 3,1 bilhões em projetos para empresas junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O Projeto Setorial gerido pela Softex contribui com 41% das exportações do setor de TI e está entre os top five de projetos de exportação da Apex-Brasil.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This