QR Menu! Transforme seu Cardápio em QR Code.

GGabinete! Administre sua campanha eleitoral

SGLiga! Gerencie sua Liga ou Campeonato Esportivo

QR Menu! Transforme seu Cardápio em QR Code.

GGabinete! Administre sua campanha eleitoral

SGLiga! Gerencie sua Liga ou Campeonato Esportivo

O atendimento oferecido pelo Psicologia Viva representa a oportunidade de pessoas consultarem com um psicólogo online, por videoconferência, de qualquer lugar do mundo. É uma das empresas mais bem sucedidas e promissoras na área da Telemedicina.

Foi lançada há cinco anos, pelos empreendedores Bráulio Bonotto (mestre em Psicologia), Fabiano Carrijo, especialista em Engenharia de Software e o administrador de empresas Paulo Justino. Eles queriam criar um negócio que tratasse a saúde mental da população brasileira e viram a telemedicina como solução. Assim deram início ao projeto, que possibilitaria a realização de psicoterapia de qualquer lugar do mundo a um custo mais baixo.

Na época, o Conselho Federal de Psicologia colocava um limite de sessões por mês e o atendimento psicoterapêutico pela internet tinha caráter experimental. A terapia online, como negócio, só ganharia força em setembro de 2017, com a aprovação do CFP. E a regulamentação veio em 2018.

Os profissionais, graduados e registrados no Conselho de Psicologia para o exercício profissional atividade, possuem cadastro específico (e-Psi) para atendimento por meio de TICs – Tecnologias da Informação e Comunicação. Todos passam por um processo seguro de verificação e credenciamento na plataforma, além de aderirem a rigorosos códigos de ética e sigilo.

Negócios online

A pandemia de Covid-19 levou muitos serviços para a internet. O setor de saúde não é uma exceção. Startups que olharam as terapias online desde cedo conseguiram crescer com a flexibilização do mercado e agora veem um aumento na demanda por atendimento psicológico virtual.

“Esse é o caso da Psicologia Viva, que recebeu recentemente injeção de R$ 6 milhões para expandir sua equipe, seus produtos e sua atuação pela América Latina e Europa, a partir de Portugal”. Afirmação é de André Justino, CEO da Startup Win, franqueadora da plataforma. A Psicologia Viva planeja triplicar de tamanho em 2020. Acredita-se que a terapia online veio para ficar, mesmo depois da pandemia.

Impacto na economia

Os transtornos psicológicos são a terceira maior causa de afastamento de colaboradores. Só no Brasil, a depressão gera um custo de R$ 210 bilhões por ano. É a principal causa de pagamento de auxílio-doença não ligados a acidentes físicos (31% dos casos), enquanto a ansiedade fica em segundo lugar no ranking, com preocupantes 18%.

Estima-se que 23 milhões de brasileiros sofrem com disfunções mentais e emocionais nos dias de hoje. Destes, cinco milhões experimentam as doenças em nível moderado e grave. Além disso, cerca de 9% das aposentadorias por invalidez são geradas por transtornos mentais e comportamentais.

Estrutura de funcionamento

A Psicologia Viva tem um marketplace que conecta pacientes a psicólogos. Esse modelo de atendimento direto ao consumidor é o B2C. Um dos diferenciais da startup é não cobrar uma taxa dos psicólogos por consulta realizada. Assim, são estimulados a inserirem pacientes do consultório na plataforma online. Os profissionais de saúde só pagam uma assinatura mensal para a Psicologia Viva, de R$ 149.

Em 2017, a startup passou a oferecer terapia online como um benefício corporativo. O modelo de atendimento a empresas (B2B) é a principal vertical da Psicologia Viva, atualmente. São mais de 60 empresas atendidas, como Avon, Azul Linhas Aéreas, Roche e Siemens. A Psicologia Viva já atendeu 400 mil pacientes desde 2015, tanto no Brasil quanto em outros países da América Latina. Os pacientes nacionais representam 80% da base da startup.

O tíquete médio por sessão é de R$ 80. Uma consulta sai por R$ 226,38, de acordo com o Conselho Federal de Psicologia (CFP). São quatro mil psicólogos cadastrados na plataformamil deles ativos. Segundo pesquisas da startup, há ainda uma demanda reprimida a ser absorvida pelo atendimento online: 79% das consultas na Psicologia Viva ocorrem fora do horário comercial e 29% são agendadas e realizadas no mesmo dia.

Einstein

A Psicologia Viva faz parte da Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Albert Einstein, em São Paulo e integra o time de empreendimentos que recebeu investimentos da instituição.

“A Psicologia Viva é uma empresa que iniciou sua atividade de forma qualificada, séria e atua em uma área que o Einstein está investindo bastante há algum tempo: a telemedicina. Acreditamos que o atendimento digital permite uma ampliação do acesso ao profissional de saúde”, afirma José Claudio Cyrineu Terra, Diretor-Executivo de Inovação e Gestão do Conhecimento do Einstein.

O idealizador

Enquanto realizava o mestrado, Bráulio Bonoto, fundador do Psicologia Viva, encontrou diversos estudos comprovando a eficácia da terapia online. “Pesquisei o mercado e senti falta de plataformas voltadas para a saúde mental. Mais que isso; que tivessem qualidade no atendimento e boas funcionalidades para o agendamento e pagamento das sessões”, conta Bonoto, hoje mestre em Saúde Pública com foco em Telessaúde. Ele acrescenta que a plataforma criptografada também atende em horários não comerciais, durante a noite e em finais de semana”.

Share This