Rabbot, plataforma de automação para frotas, levanta R$ 23 milhões

por | maio 17, 2022 | Noticias

A Rabbot, plataforma de automação e orquestração do ecossistema de frotas, anuncia a captação de R$ 23 milhões em rodada de investimento Série A, liderada pelo Bradesco Private Equity & Venture Capital, fundo de investimento com foco em empresas em fase de crescimento e expansão. Além do fundo, a TegUP Ventures e empreendedores Endeavor participaram da rodada.

A startup é criadora de uma metodologia exclusiva e de uma plataforma personalizável que, combinadas, resolvem dificuldades operacionais da cadeia logística e de empresas com frotas e diversos tipos ativos. A plataforma é um SaaS (Software como um Serviço) que viabiliza a aplicação da metodologia por meio da coleta de dados, organização e automação de processos de frotas, ajudando, desta forma, gestores e empresas a ter visibilidade de etapas dos processos, eliminar tarefas manuais e aumentar a eficiência operacional.

Segundo Bruno Pelikan, CEO da Rabbot, a plataforma permite que os usuários obtenham benefícios inerentes à automação inteligente de processos (IPA). “A partir daí, a escalabilidade é praticamente infinita – quanto maior a frota de ativos, mais possibilidades – e o tempo é drasticamente menor para o retorno financeiro”, explica. Desta maneira, a combinação de metodologia e de software (SaaS) é o que garante resultados excepcionais aos clientes, apoiados ainda por meio do uso de robôs e IPA.

Com o investimento, além de acelerar o desenvolvimento de tecnologias que continuem a reinventar o mercado, também está nos planos da Rabbot expandir suas operações da América Latina.

“Estamos inaugurando um movimento que chamamos de Open Logistics, que consiste em possibilitar construir, conectar e integrar fácil e rapidamente – e sem barreiras – dados, processos e o ecossistema dessas empresas à suas operações, frotas e ativos, visando garantir uma melhor gestão, visibilidade e eficiência. Nossa visão é permitir que tudo se conecte em nosso sistema operacional, isso é o que nos move!”, conta o empreendedor.

Para Rafael Padilha, diretor do Private Equity & Venture Capital do Bradesco, a Rabbot se destaca por oferecer uma solução integrada, automatizada e personalizada para empresas em um setor ainda muito dominado por processos analógicos. “A inovação do Open Logistics é observada no momento em que a startup passa a ir além da gestão de frotas, englobando a gestão de ativos e a conexão do ecossistema. Vimos aí uma evolução no modelo de negócios que resulta em uma perspectiva de crescimento exponencial em número de usuários, o que de fato tem se refletido na performance recente da Rabbot”, comenta.

Desde 2019, a Rabbot vem gerando cada vez mais eficiência operacional para seus clientes, como Porto Seguro, Tegma, Patrus Transportes, ALD Automotive, Grupo Petrópolis e Creditas, reduzindo e automatizando processos manuais em empresas das mais diversas atividades da cadeia de ativos móveis, desde motos, caminhões e carros a tratores e empilhadeiras. “Com a personalização da plataforma, que pode ser feita pelo próprio usuário, também garantimos mais autonomia, agilidade e liberdade para as equipes do dia a dia operacional”, afirma Pelikan.

Em 2021, a Rabbot dobrou de tamanho, e hoje já detém mais de 15 mil usuários na plataforma e mais de 2.8 milhões de veículos gerenciados. De acordo com cases e dados da empresa, seus clientes têm economizado cerca de 10 milhões de horas por meio do uso de robôs e automações.

A startup conta com mais de 700 aplicações em gestão de frota em projetos com seus clientes. A combinação de metodologia e plataforma, assim como comprovam os cases, faz com que o retorno gerado nesses projetos seja tangível e de curto/médio prazo, chegando a mais de 10 vezes. Para Pelikan, esse é o convite da Rabbot para o mercado: resultados escaláveis, rentabilidade e consequentemente a redefinição do ecossistema.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This