Marketplace para produtos com causa e propósito será lançado em breve

por | dez 15, 2021 | Noticias

A empresária Fábia Gobira não vê a hora de colocar no ar a nova plataforma de vendas online +ETC. O marketplace terá um diferencial que é dar espaço às motivações dos empreendedores, artesãos e pequenos produtores que irão expor seus produtos. “A idéia é valorizar os processos criativos e o significado amplo de cada peça vendida. Existe um público que prefere fazer suas compras sabendo que de alguma forma estará ajudando uma pequena comunidade no interior do país, ou apoiando uma causa a qual ele também se identifique”, conta Fábia Ela pretende ainda agregar pessoas e instituições que percebem valor na história de cada produto, em uma grande comunidade com propósito.

A ex-executiva de RH vai além: “Me limitar aos empreendedores não contemplava todo o meu desejo, por isso decidi selecionar associações que trabalham por diversas causas para incluir neste grande projeto”. Fábia explica que a plataforma de vendas, que está sendo desenvolvida por uma equipe própria, terá espaço para que cada ‘loja’ conte o proposto que a move. Podem existir motivações pessoais, de busca por uma vida saudável, ou um resgate de emoções de tempos passados, ou mesmo causas sociais e ambientais. A ideia é que os visitantes do marketplace da +ETC façam suas compras entendendo que o valor de cada peça vai além do financeiro.

“A imagem do valor do trabalho por trás de cada produto nem sempre é percebido nos dias de hoje’, comenta Fábia. Por este motivo, ela já iniciou com a +ETC o que chama de “comunidade com propósito”. Através de suas redes sociais, já no ar, está sendo formado este grupo colaborativo de empreendedores com propósito ou que trabalham para causas.  O espaço visa o crescimento de cada um dos interessados, com troca de experiências, dicas, tutoriais e lives, sempre gratuitos. O objetivo é permitir e impulsionar a construção de cada marca atrelada a sua história.

A inclusão de ONGs

Em linha com seu DNA de empreendedora social, Fábia Gobira incluiu em seu projeto um espaço exclusivo para entidades sem fins lucrativos que trabalhem de forma regular por causas sociais em diversos pilares. Estas ONGs e Associações já começaram a ser procuradas para a realização de parcerias. A equipe da +ETC selecionou em três grandes grupos, com nome provisório de +Terra, +Animal e +Social, vinte e duas causas possíveis. Neste momento, estão sendo buscadas entidades em cada uma delas para receberem ajuda.

Serão algumas possibilidades de apoio. A primeira é a abertura de uma loja com produtos próprios das ONGs, que serão vendidos com toda a renda líquida destinada a elas. Não será cobrada a taxa da plataforma, unicamente os custos de terceiros, como cartões de crédito ou transportadoras. Principalmente para aquelas que eventualmente não possuam produtos, serão criadas cotas de ‘adoção da causa’, em que os clientes da +ETC poderão contribuir com diferentes valores para cada uma, conforme seu desejo. Estão previstas, ainda, ações focadas ao longo do ano, com períodos em que um percentual de todas as vendas da plataforma será destinado a uma das entidades. Este percentual será custeado diretamente pela +ETC, sem custos para os vendedores ou compradores

Como indicar uma ONG

A ideia de Fábia e sua equipe é contemplar trabalhos sociais significativos em todo o país, sua vontade é ter pelo menos uma entidade de cada estado brasileiro na plataforma. Para conhecer esta grande variedade de grupos, que podem ser desde pequenas comunidades a entidades filantrópicas maiores, está sendo feita uma grande pesquisa. As colaborações e indicações de trabalhos que tenham seriedade são sempre bem-vindas. Basta que se envie um e-mail (atendimento@maisetc.com.br) com a descrição, dados e contatos do indicado. Haverá uma triagem e entrevista com todos eles.

Sobre Fábia Gobira

Fábia Gobira é uma profissional de RH que foi executiva por cerca de 20 anos em empresas como AMIL,TIM e JLL, entre outras. Ela destaca três características que são fundamentais em seu perfil, para este novo empreendimento. A atuação generalista dentro da área de Recursos Humanos, a expertise em trabalho com startups e o olhar para a diversidade e a inclusão. Ela carrega uma experiencia de ter implementado as área de diversidade nas empresas por que passou, criando novas formas de gerir pessoas, com ambientes mais abertos e mais empatia.

1 Comentário

  1. Joana Castro

    Que belo exemplo!! Sucesso!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This