Empresa lança solução de detecção de ‘contas de laranjas’ e amplia proteção contra fraudes online

por | nov 24, 2021 | Noticias | 0 Comentários

    BioCatch, líder mundial em biometria comportamental, anuncia o lançamento global da solução Mule Account Detection (em português, Detecção de Contas de Laranjas), que oferece proteção abrangente para instituições financeiras ao reduzir o impacto emocional e financeiro dos golpes de “lavagem de dinheiro” (principalmente fraude e roubo de identidade), proporcionando confiança e segurança aos clientes contra as ameaças mais sofisticadas.

     “Laranjas” são indivíduos que, sob a orientação de criminosos, recebem e movimentam dinheiro obtido no golpe. Quando a fraude é cometida, os fundos das vítimas são transferidos para a “conta do laranja” antes de ser retirados do banco. Em troca de emprestar sua conta, esse “laranja” fica com uma porcentagem dos fundos roubados, muitas vezes 10%. 

      “Com bilhões sendo injetados em estímulos econômicos, os criminosos aproveitam a vulnerabilidade dos usuários, fazendo-os de cobaias, e utilizam suas contas para movimentar dinheiro entre sistemas financeiros. O recrutamento dessas cobaias está em alta, com crianças e jovens adultos sendo manipulados nos esquemas de lavagem de dinheiro”, afirma Ricardo Calfat, country manager da BioCatch no Brasil.

        O executivo destaca uma pesquisa da Cifas, organização sem fins lucrativos de prevenção de fraudes com sede no Reino Unido, que apontou aumento de 78%, neste ano, nas contas de pessoas com menos de 21 anos que indicam atividade de “lavagem de dinheiro”.

Funcionalidades

     A Mule Account Detection identifica fraudes financeiras em vários casos de uso, como abertura de contas, roubo de contas, golpes e falsidade ideológica. Construída com base em tecnologia biométrica comportamental inovadora, é executada continuamente em cada atividade digital, monitorando anomalias que podem sugerir a operação de uma conta que tenha perfil de “lavagem de dinheiro”. 

      Quando as “contas de laranja” não são gerenciadas, as instituições financeiras podem enfrentar grandes perdas, problemas de questões regulatórias e riscos de reputação. De acordo com pesquisa recente da Aite-Novarica, 64% dos entrevistados afirmaram que suas empresas têm maior interesse em rastrear, detectar e prevenir esse tipo de atividade. 

“A detecção desse tipo de conta é complexa porque existem muitos cenários a ser analisados. Uma instituição financeira pode estar lidando com um criminoso usando uma identidade roubada para abrir uma conta fraudulenta ou pode ter assumido a conta confiável de uma vítima involuntária para lavar fundos roubados”, explica Gadi Mazor, CEO da BioCatch.

“A Mule Account Detection analisa os comportamentos associados a vários cenários que indiquem atividade de laranja, desde a abertura da conta até o ponto de pagamento”, reforça.

       Para apresentar detalhadamente a solução e os cinco perfis associados à “lavagem de dinheiro”, a BioCatch promoverá, em 1º de dezembro, o webinar Stop Muling Around: Best Practices for MuTction.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This