Como as fintechs ajudam empreendedores a otimizar a gestão financeira

por | jun 13, 2022 | Noticias

Você sabia que os cartões ainda estão entre as principais preferências dos brasileiros no momento de concretizar uma compra? Por meio do estudo ‘Uso da Maquininha 2021’, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) identificou que a taxa anual de adesão de máquinas por MPEs ficou em torno de 56%, o que representa um crescimento de uso desse meio de pagamento de 43% nos últimos cinco anos. A satisfação dos clientes e o aumento de vendas são fatores que impulsionaram esse movimento no mercado. 

No entanto, para que as operações funcionem corretamente e os empreendedores consigam alcançar os resultados esperados em termos de gestão financeira da marca, é fundamental contar com um bom parceiro de negócio. No caso do segmento de Vendas, as fintechs costumam desempenhar esse papel. “Em tradução livre, o termo em inglês significa ‘tecnologia financeira’, visto que são empresas que investem em recursos tecnológicos para entregar produtos e serviços capazes de otimizar a performance de diferentes atividades financeiras, tais como educação financeira, meio de pagamento, investimentos e afins”, explica Gabriel Andrade, CEO da Quero 2 Pay, fintech de meios de pagamentos por máquinas de cartão. 

A partir de um layout simples e intuitivo, os agentes autorizados da fintech, por exemplo, contam com o Q2 Lupa, que substitui as planilhas manuais ao disponibilizar uma auditoria completa do fluxo de dados transacionados nas máquinas de cartão. A ferramenta, portanto, possibilita automatizar a conferência de todas as vendas realizadas, conferir a porcentagem descontada nas transações, confirmar o cancelamento de compras, identificar se houve alguma diferença nas datas de recebimento ou até mesmo se cada transação foi corretamente recebida. 

Já o Q2 Link, outro serviço da fintech, auxilia os empreendedores que fazem parte do time de agentes autorizados da Quero 2 Pay a venderem mais, pois permite a geração de links de pagamento para as redes sociais (Instagram, Facebook e WhatsApp). Neste sistema, os pagamentos podem ser feitos em até 12x, sendo que o dinheiro recebido estará disponível ao lojista em 15 dias com base em uma taxa única para todas as bandeiras. Para utilizar esse recurso, é preciso ter Queridona Smart, a maquininha de cartão de crédito da startup.

“Entendemos que fornecer as ferramentas necessárias aos empreendedores é um passo importante para ajudá-los a se manterem no negócio. Um estudo divulgado no ano passado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), mostrou que 23% delas fecham antes mesmo de completar cinco anos de atividade, e no caso dos Microempreendedores Individuais (MEIs), esse índice chega a quase 30%, sendo a falta de gestão financeira um dos principais motivos para o fim desses negócios”, pontua o CEO.

Sobre a Quero 2 Pay 

Fundada em abril de 2020, a Quero 2 Pay é uma fintech de meios de pagamentos por maquininhas de cartão que nasceu com o objetivo de democratizar o acesso à tecnologia financeira e, assim, alavancar e empoderar empreendedores ao redor do Brasil. Localizada em São Paulo, a empresa apresenta em seu portfólio os serviços de POS -point of sale- (Queridona Smart), Q2 Lupa, Q2 Link e programa de licenciamento com foco em microempreendedores. Atualmente, a marca criada durante a pandemia tem presença nacional em 2.000 cidades e em mais de 21 mil estabelecimentos. 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This