Banco Central suspende pagamento via Whatsapp

por | jun 29, 2020 | Startup | 0 Comentários

Artigo: The Legals

A novidade da semana passada era que usuários poderiam fazer transações financeiras dentro do próprio aplicativo. O Brasil seria o primeiro a receber esta função.Na semana passada (15/06), o Facebook anunciou um novo serviço para o WhatsApp: a possibilidade de se fazer pagamentos e transferências pelo aplicativo.

Isso porque mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas movimentam a nossa economia, e é muito comum que as tratativas dos produtos e serviços sejam feitos pelo WhatsApp.Com o novo recurso, os usuários, além de ver os produtos no catálogo, poderiam fazer o pagamento dentro do próprio aplicativo (veja a simulação na imagem ao lado).

Então enviar dinheiro para uma compra ou para amigos e familiares seria tão fácil quanto enviar uma mensagem.Para isso acontecer, os usuários poderiam utilizar cartões de débito e crédito das bandeiras Visa e Mastercard emitidos pelo Banco do Brasil, Nubank e Sicredi. Pessoas físicas não pagariam taxa, empresas pagariam uma taxa de processamento.

Mas três grandes bancos brasileiros (Itaú, Bradesco e Santander) desistiram de fazer parte da novidade. E agora o Banco Central e o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) suspenderam o serviço de pagamento via app.

Por quê?

Diz o BC que é para preservar um “adequado ambiente competitivo” e para assegurar o funcionamento de transações financeiras rápidas, seguras, transparentes e baratas.

Parece que os bancos aqui não querem concorrência, né?!?

Alguém aí notou semelhança do WhatsApp Pay com a China??
Na China isso já é possível. Lá não tem WhatsApp (nem nenhum serviço do Google), mas tem o WeChat, que é um app faz-tudo, em que as pessoas conversam trocam mensagens, têm acesso a todo tipo de serviço e fazem transações financeiras por ele.

Quem aí tava ansioso para usar o WhatsApp Pay?

* The Legals

É uma iniciativa que foi criada para descomplicar o atendimento jurídico para Startups. Traz conteúdo importante para o empreendedor, ou para quem está pensando em empreender, antes mesmo de abrir o negócio.
Informações : http://thelegals.law/

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This