A importância da inclusão digital no desenvolvimento urbano

por | mar 4, 2022 | Noticias

A inclusão digital é um tópico mais relevante do que nunca. Em um mundo onde as tecnologias 5G, IOT e big data estão cada vez mais presentes, e modificando todas as nossas relações, é imprescindível que todos tenham acesso a internet de boa qualidade.

A digitalização das cidades, em especial, é um ponto de grande importância. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a população urbana mundial atingirá uma taxa de 68% até 2050, algo inédito na história da humanidade. No Brasil, este índice já chega a 85%. Entretanto, um levantamento do IBGE aponta que um a cada quatro brasileiros ainda não têm acesso à internet.

“Apoiar a inclusão social e a inclusão digital é algo que fazemos desde o nosso primeiro projeto no Brasil”, afirma Susanna Marchionni, CEO para o Brasil da Planet Smart City. “A habitação acessível, apoiada por serviços digitais é extremamente necessária para atender às necessidades dos moradores e das gerações futuras, assim como promover um modo de vida mais ecossustentável”, completa.

A unidade Laguna (CE), primeira cidade inteligente da Planet no Brasil, dispõe de arborização urbana e lagos artificiais para controle de temperatura, por exemplo. Além disso, as residências são conectadas pela IoT, proporcionando uma vida mais confortável e segura, através do sistema de videomonitoramento, smart locks e automação residencial.

A cidade também usa da tecnologia integrada para promover a venda de produtos e serviços por meio do aplicativo gratuito Planet App, que permite à população encontrar bens e serviços perto de casa sem precisar se deslocar de carro, reduzindo as emissões de gases poluentes. “A Smart City Laguna é a primeira cidade inteligente inclusiva do mundo e isso se traduz na melhora da qualidade dos serviços prestados aos cidadãos”, afirma a CEO.

O condomínio ainda hospeda uma biblioteca e cinema, além de realizar cursos gratuitos. O espaço também promove a integração dos moradores através de eventos e atividades compartilhadas, integradas ao Planet App, como o ateliê de costura.

Segundo a empresa de consultoria e pesquisa tecnológica Technavio, o mercado mundial de cidades inteligentes deve atingir o valor de US$ 2,118 trilhões até 2024. É de se esperar que, até lá, muitas das soluções já adotadas pela Planet se tornem cada vez mais presentes.

Sobre a Planet Smart City:

A empresa proptech Planet Smart City projeta e constrói cidades e bairros inteligentes inclusivos, que fornecem mais do que apenas residências. Com presença global no mercado imobiliário a preços acessíveis, tanto em mercados emergentes quanto nos desenvolvidos, a Planet melhora a qualidade de vida de seus moradores, aplicando sua experiência em integração de soluções inteligentes, tecnologias digitais, serviços e inovação social. Seus bairros inteligentes, sustentáveis e socialmente inclusivos são apoiados pelos serviços do Planet App, uma plataforma digital própria que permite que os moradores interajam entre si e com o bairro ao seu redor. 

O grupo fundado em 2015 pelos especialistas imobiliários italianos Giovanni Savio e Susanna Marchionni é líder global em Cidades Inteligentes Inclusivas, e tem sede em Londres, com escritórios na Itália, Brasil, Reino Unido e India. A Planet está executando um ambicioso plano de expansão, que inclui o lançamento de 30 projetos no mundo até 2023. 

A proposta única da Planet se tornou realidade no Brasil, onde estão sendo construídos  projetos horizontais – Smart City Laguna (CE), Smart City Natal (RN), Smart City Aquiraz (CE)  – e verticais na cidade de São Paulo, com mais de 2.500 apartamentos com o parceiro local InLoop com a marca Viva!Smart.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This