Fintech calcula Imposto de Renda na Bolsa e ajuda o investidor a gastar menos com impostos

Fintech calcula Imposto de Renda na Bolsa e ajuda o investidor a gastar menos com impostos

Quem investe em renda variável pode não saber, mas está sujeito a ter que pagar
Imposto de Renda mensalmente. O cálculo pode ser complicado, e não pagar acarreta em
multas, taxas e juros pesados. Foi pensando nisso que nasceu a Akeloo, fintech especializada
em inteligência tributária que se propõe otimizar os impostos e descomplicar o assunto para o
investidor.


O momento para o lançamento é propício: o número de investidores na Bolsa de
Valores não para de crescer. Do final de 2019 até agosto de 2020, foram 1,27 milhão de
novos investidores realizando operações na B3, um aumento de mais de 76%. “O investidor
está sempre buscando formas de melhorar seus resultados. Declarar corretamente seus ativos
e otimizar sua carga tributária é uma excelente forma atingir esse objetivo”, explica Gustavo
Filardi, um dos fundadores da fintech. A empresa vai lançar sua ferramenta em outubro de
2020, em parceria com o Kinvo, plataforma de gerenciamento de carteira que mensalmente
ajuda mais de 500 mil investidores.


Mas a empresa não pretende parar por aí. Segundo o empreendedor, o objetivo da
Akeloo é ajudar o investidor a otimizar e descomplicar o seu relacionamento com os
impostos. “Criamos a Akeloo com o objetivo de oferecer inteligência tributária para o
investidor brasileiro. Declarando corretamente, mesmo quem teve prejuízo em um ano pode
ser beneficiado nos anos seguintes”. O acesso à ferramenta custa a partir de R$ 18,90 por
mês. Se depender da Akeloo o investidor pode dar adeus às multas e à tributação confusa!

Para saber mais, acesse: https://akeloo.com.br/

Pin It on Pinterest