Startups ajudam profissionais a ingressarem na área de tecnologia

Startups ajudam profissionais a ingressarem na área de tecnologia

A escola de programação Kenzie Academy promove, de 16 a 29 de novembro, o curso gratuito “Experiência Kenzie: Introdução à Programação com JavaScript”. A iniciativa, que conta também com a colaboração de diversas startups, como a SmartHint, Certus Software, Tecnofit, Aftersale, Lide Futuro Paraná, Pontomais e várias outras, tem como objetivo oferecer um primeiro contato com programação para quem quer começar do zero na área de tecnologia.

As startups entenderam que o mercado está carente de profissionais na área de tecnologia e que é preciso incentivar o maior número possível de pessoas a ingressarem nesse segmento. Serão mais 3 milhões de novas vagas abertas até 2030, segundo a consultoria McKinsey. Além disso, os salários do segmento variam de R$ 4 a 15 mil.

Quem participar, vai ter a oportunidade de iniciar uma jornada do zero, para a área mais promissora do mercado. “O mercado está precisando de muitos profissionais na área de tecnologia, hoje temos muitas vagas em aberto e falta muita mão de obra qualificada.”, afirma o CEO da Certus, Fábio Ieger.

O curso introdutório será totalmente online e gratuito, com mais de 80 horas de conteúdo exclusivo, comunidade fechada para esclarecimento dúvidas e interação com outros participantes, lives diárias, demonstrações sobre o conteúdo e palestras sobre a carreira tech, além de suporte em tempo real do time de ensino da Kenzie, disponível das 9h às 18h.

Desenvolvida com o objetivo de tornar a navegação na internet mais rápida e fácil, Javascript foi a linguagem de programação escolhida para nortear o curso Experiência Kenzie de lógica de programação. Segundo ranking de recente pesquisa da empresa de análise SlashData, Javascript é a linguagem de programação mais popular no mundo (em 159 países, no terceiro trimestre de 2020), reforçando a relevância e a importância da mesma para o mercado de TI.

O curso terá aulas gravadas para que o interessado tenha flexibilidade de assistir quando puder, dentro do período do curso. “Também vamos propor atividades e desafios na plataforma de ensino online, permitindo a realização prática de tudo o que for ensinado. Ao concluir as atividades, os participantes também terão direito a um certificado de participação gratuito”, explica Daniel Kriger, CEO da Kenzie Academy.

Vale destacar que não há exigência de conhecimento prévio, nem formação em curso técnico ou de graduação. Também não é necessário ter anos de experiência na área de TI. Se a pessoa não sabe por onde começar, ou está trabalhando em uma área totalmente diferente, também consegue participar. Segundo Rodrigo Schiavini, CEO da SmartHint, “É uma excelente oportunidade para migração de carreira. Eu diria que é a área com mais oportunidades de trabalho com excelentes salários”.

O curso é interativo, com plantão de dúvidas para ajudar os participantes.  Vão ocorrer live sobre mercado e carreira, com especialistas do time de Colocação e Sucesso do Aluno, para fornecer conteúdos, dicas e conselhos tanto para quem quer começar do zero na programação, quanto para quem pensa em uma transição de carreira.

Para participar, basta se inscrever pelo https://participe.kenzie.com.br/curso-javascript-16 . As vagas são limitadas.

*Fábio Ieger é empreendedor e apaixonado por tecnologia. Administrador de empresas, sabe o quanto é desafiador o dia a dia para manter um negócio em atividade em um país com instituições financeiras que em nada ajudam o pequeno e médio empresário. Para levar soluções sustentáveis e realista a esse público, fundou a fintech CERTUS, que utiliza dados do seu software de gestão para conceder empréstimo e capital de giro para os que mais necessitam de ajudam, e esbarram em análises injustas. Para mais informações, acesse https://www.certus.inf.br/

Sobre a Certus

O Certus Software proporciona ao usuário uma experiência agradável e intuitiva, utilizando ícones de fácil compreensão, com telas simplificadas e com todas as informações em um só lugar. Com relatórios de fácil compreensão, auxilia o Empresário na tomada de decisões. Agregado a isso, diversos serviços financeiros, como antecipação de recebíveis e empréstimos de capital de giro. Estamos a cada dia nos aperfeiçoando e neste momento estamos incluindo Inteligência Artificial. Para que o Certus Software possa ajudar cada vez mais a pequena indústria. Para mais informações, acesse https://www.certus.inf.br/  ou pelo ig @softwarecertus

Cinco motivos para aprender programação

Cinco motivos para aprender programação

O processo de digitalização das empresas foi acelerado com a chegada da pandemia, o que exigiu a contratação de profissionais qualificados da área de Tecnologia da Informação (TI) para entregas cada vez mais emergentes. Recente levantamento divulgado pelo LinkedIn revela que, dos 10 cargos mais procurados no Brasil, entre junho e julho deste ano, nove são voltados para a área de TI, tais como: engenheiro de software, arquiteto de software, engenheiro de software Java, analista de software, desenvolvedor.NET, desenvolvedor front end, especialista em software, desenvolvedor Javascript e engenheiro mobile.

Para o profissional que almeja ingressar nesse mercado e atuar com excelência na área de tecnologia, especialmente como desenvolvedor web, Daniel Kriger, CEO e cofundador da Kenzie Academy, escola de programação voltada à formação de programadores full stack em 12 meses, lista cinco grandes motivos que reforçam a aprendizagem nesta área: 

  1. Mercado em crescimento, altos salários

O mercado de TI é enorme, está em constante crescimento, porém, há poucos profissionais qualificados. Dados da Associação Brasileira das Empresas de TI (Brasscom) revelam que a área deve criar 420 mil novas vagas até 2024, mas estima-se que, até lá, 150 mil vagas não sejam preenchidas. Isso significa que há um déficit considerável de profissionais, que não está sendo preenchido pelas instituições de ensino. O salário é outro grande atrativo para seguir carreira nessa profissão. Para 2020, a faixa salarial no Brasil está entre R$ 4 e R$ 15 mil, dependendo do nível de conhecimento do profissional e a localização, segundo levantamento realizado pela Geekhunter, plataforma de vagas para programadores.

  1. Programação está em todo lugar

A transformação digital acelerada pela pandemia fez com que muitas empresas tivessem que adaptar seus modelos de negócio ao online como alternativa para passar por essa crise com menos impactos. Essa estratégia de mercado só aumentou a necessidade de programadores. O trabalho do programador está em muitos lugares, como em sites, e-commerces, aplicativos, jogos e aulas online. Para o desenvolvimento de todas essas tecnologias, há um profissional envolvido e qualificado, que se dedicou horas escrevendo códigos.

  1. Desenvolvimento de habilidades interpessoais

A área exige o desenvolvimento de muitas habilidades interpessoais. Algumas que acredito serem as mais impactantes são aprender a aprender, como resolver problemas, comunicação e trabalho em equipe, e, por último, perseverança. 

  • Aprender a aprender – O profissional deve estar em aprimoramento contínuo, pois o mercado de TI muda constantemente, com atualizações de programas, novas linguagens e recursos, exigindo a habilidade de ‘aprender a aprender’. 
  • Resolver problemas – Muitas vezes, quando você está ‘codando’, é necessário quebrar o problema em pequenos problemas, além de usar muito de lógica e saber priorizar o que é mais importante. Essas habilidades ajudam a desenvolver o pensamento estruturado e uma nova perspectiva sobre como solucionar problemas para os profissionais desse segmento.
  • Comunicação e trabalho em equipe – Outra área importante que a programação pode ajudar é no desenvolvimento de habilidades de comunicação e trabalho em equipe. No dia a dia do trabalho, o ‘dev’ [do inglês ‘developer’] não vai estar sozinho, pois geralmente as entregas são feitas com uma grande equipe por trás. 
  • Perseverança – Por último, a programação pode ajudar a desenvolver a perseverança. Para fazer um projeto, você vai, muitas vezes, encontrar dificuldades, centenas de ‘bugs’ e entraves. Vencer isso todos os dias, com certeza, vai lhe ajudar a refinar a sua capacidade de persistir. 

Todas essas práticas serão transferidas para o seu repertório cerebral e poderão ajudá-lo até com outras situações do seu cotidiano.

  1. Flexibilidade

Sempre se falou em home office para os programadores, mas, agora, com o advento dessa prática pelo momento da pandemia, muitas empresas optaram por contratar desenvolvedores remotamente. O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Brasil (CAGED) sinalizou que a demanda por profissionais de TI cresceu seguida da descentralização na contratação de programadores, visto que as empresas passaram a buscar por desenvolvedores de qualquer lugar do país. Então, quem for um bom desenvolvedor, acabará tendo oportunidades de trabalhar para empresas de qualquer região do Brasil e, algumas vezes, em colocações globais.

  1. Atuação sem diploma

Outro grande motivo é a oportunidade de atuar no mercado sem a exigência de uma graduação. Muitas empresas brasileiras estão seguindo essa tendência de contratação do mercado de trabalho mundial, adotada principalmente pelos grandes centros de tecnologia dos Estados Unidos, por exemplo. Essa prática permite um aumento no número de candidatos que podem se destacar por habilidades-chave, como competências comportamentais. 

Atualmente, há diversas opções no mercado de educação na área de TI. É possível ter formação como desenvolvedor web em um curso rápido, de 12 meses, como o oferecido pela escola de programação Kenzie Academy, que atua com expertise na formação de desenvolvedores web full stack. Totalmente online, com aulas ao vivo para todo o Brasil, o aluno não precisa ter custos com deslocamento e nem no decorrer do curso se optar pelo método de pagamento oferecido pela escola, o Income Share Agreement (ISA), modelo de financiamento que permite ao aluno pagar o curso após a conclusão dos estudos – e apenas se conseguir colocação profissional, com remuneração acima de R$ 3 mil. 

Além disso, a escola atua com metodologia comprovada e currículo desenvolvido por engenheiros de software do Vale do Silício, aplicando linguagens modernas de front-end e back-end, muito utilizadas no mercado, como HTML, CSS, JavaScript, React, SQL, Python e Node.js. Oferece também todo o suporte para colocação do profissional no mercado de trabalho, por meio de mentoria de carreira e parcerias com outras empresas. Mais informações no site: https://kenzie.com.br/

19 empresas inovadoras estão com novos processos seletivos abertos

19 empresas inovadoras estão com novos processos seletivos abertos

Outubro de 2020 – Apesar da crise gerada pela pandemia, diversas empresas, especialmente nos setores de tecnologia e inovação, registraram crescimento em seus serviços e com isso, a demanda de contratação aumentou, além do fator contribuinte: a reabertura gradual da economia. Confira diversas vagas abertas:

Cobli

Cobli, plataforma de gestão de frotas mais eficientes, referência em monitoramento inteligente, abriu vagas em Marketing, Produtos, Vendas e Tecnologia. Os contratados terão direito a vale refeição, vale transporte ou estacionamento, plano de saúde, entre outros. Para participar do processo seletivo, basta se candidatar no site https://jobs.kenoby.com/cobli.

Tembici

Líder em micromobilidade na América Latina, a Tembici lançou recentemente o maior projeto de bikes elétricas compartilhadas em estações fixas na América Latina. Essa e outras inovações, fazem a empresa crescer sem parar e durante a pandemia não foi diferente, afinal, a bike é considerada pela OMS o meio de transporte ideal para o afastamento social. Com todo esse crescimento, a empresa está com vagas abertas em diversas áreas, como Logística, Engenharia, Marketing, entre outros. Os interessados podem se candidatar no site https://tembici.gupy.io/.

Creditas

Eleita pelo Glassdoor como uma das melhores empresas para se trabalhar em 2020, a Creditas, principal plataforma 100% digital da América Latina, que usa tecnologia para viabilizar novas conquistas em todas as etapas da vida de seus clientes, tem posições abertas para as áreas de Software Engineer, mobile backend e Specialist, mobile e Specialist Engineer backend, entre outras. As vagas estão abertas para profissionais de São Paulo e outras regiões do País e todo o processo de seleção, como testes e dinâmicas, será realizado de forma remota. Para mais informações sobre as candidaturas, basta acessar a página de carreiras.

Acordo Certo

Acordo Certo, maior empresa de renegociação de dívidas online do Brasil, está com vagas abertas para a seguintes posições: Desenvolvedor(a) Java, Desenvolvedor(a) Full Stack, Analista / Dev QA, Analista de Performance, Analista de Web Design, Analista de Conteúdo e Analista de CRM. Para se inscrever basta enviar um e-mail para talentos@acordocerto.com.br


Leoa

Leoa, plataforma gratuita para assistência na declaração do Imposto de Renda, está com vagas abertas para Estagiário em Contabilidade, Contador, Analista de Suporte, Senior Customer Success, Senior Back-end Developer e Senior Front-end Developer. Os interessados devem se inscrever no site da empresa.

Sinqia

Sinqia, empresa líder em tecnologia para o mercado financeiro, está em busca de 117 profissionais de diversas áreas de atuação, para contratação imediata nas cidades de São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e Florianópolis (SC). As vagas disponíveis são nas áreas de Business Consulting, Comercial, IT Business, IT Quality & Assurance, IT Software, RH, RI, Suporte, Tesouraria. As inscrições podem ser feitas pelo site https://jobs.kenoby.com/sinqia.  

Neste  ano, a companhia foi reconhecida pela segunda vez consecutiva  pelo Great Place to Work como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, e eleita como uma das 100 maiores fintechs do mundo em 2017, 2018 e 2019, pelo IDC.

OiMenu

OiMenu, startup de cardápios digitais, está com três vagas abertas para o cargo de Dev PHP pleno. A empresa, que tem sede em Araranguá (SC), retornou ao trabalho presencial e procura por profissionais que possam trabalhar presencialmente ou de maneira remota. Os interessados devem encaminhar o CV para o e-mail contato@oimenu.com.br com o título: CV – PHP.  

Coalize

Coalize, solução tecnológica que auxilia o RH das empresas, está com vaga aberta para o cargo de Full Stack Developer. É importante possuir experiência em Front-end e Mobile (react). Para informações sobre a vaga, os interessados devem se candidatar por meio do site www.coalize.com.br/trabalhe-conosco

Credoro

Credoro, fintech de empréstimo pessoal, está em busca de profissionais que possam trabalhar home office. As vagas são para Chief Technology (CTO) e Backend Developer. Os interessados podem realizar a candidatura no site da empresa.

Cobre Fácil

Cobre Fácil, plataforma de gestão de cobranças e pagamentos recorrentes, está com 5 vagas abertas para Desenvolvedor PHP. Os candidatos devem possuir experiência com orientação a objetos, bancos de dados relacionais (MySQL), controle de versão (GIT), Composer e utilização de Frameworks PHP. Para se candidatar, basta enviar o currículo para emilitane@cobrefacil.com.br

Consolide

A Consolide, startup de registro de marcas, está com vagas abertas para o cargo de DEV Python (Pleno/Sênior), DEV PHP (Sênior) e Designer de Interface UX (Júnior). Se interessou pela vaga? Basta se candidatar pelo site da Consolide: https://consolide.gupy.io/  

Feba Capital

A empresa de investimentos, FEBA CAPITAL, está em busca de profissionais que possam trabalhar 100% home office. São 10 vagas disponíveis para o cargo de Backend Developer e duas para Visual Designer (Pleno e Sênior). Ficou interessado? Se inscreve aí: www.febacapital.com.br/careers

Mycon

O Mycon, primeira fintech de consórcios que funciona sem vendedores humanos e que tem a menor taxa do mercado, está com vagas abertas para diversos setores, como: Customer Success, SDR / Inside Sales, Especialista em A.I., Full Stack Developer, Full Mobile Developer, Especialista em ChatBot, Assistente ADM e RH Pleno. Os interessados podem se inscrever no link: https://www.mycon.com.br/vagas

Grupo Nexxera

O Grupo Nexxera, principal gateway de transações financeiras do país, está com mais de 20 vagas abertas para as áreas de Analista de Customer Success, Analista de Testes (Python), Angular Front-End Developer, Assistente Contábil (PCD), Assistente de Pré-Vendas, DevOps Engineer SRE e Programador. Além disso, Pessoas com Deficiência (PCD) também podem enviar seu currículo para o banco de dados, as inscrições podem ser realizadas no site https://nexxera.gupy.io/  

Logstore

Logstore, plataforma de atendimento que capacita as marcas a vender e entregar em apenas um click e uma das startups selecionadas para a edição 2020 do Programa de Aceleração Visa, está com seis vagas abertas para as seguintes posições: Desenvolvedor Sr. (3), Analista Financeiro (1), Marketing (1), Designer UX/UI (1). As inscrições podem ser realizadas no site: https://www.logstore.com.br/logstore-v3/careers

Bitfy

Bitfy é a primeira carteira multiuso e sem custódia de bitcoins da América Latina. A startup está com 5 vagas abertas para as seguintes posições: Atendimento Bilíngue, Head de Mídia/Planejamento, Desenvolvedor React Native,Desenvolvedor Back End Node.js e  Estagiário Financeiro/Controladoria. Para se candidatar basta enviar currículo com perfil do LinkedIn e pretensão salarial para vagas@bitfy.app.

IOUU

IOUU, fintech de peer-to-peer ou P2P lending que propõe alternativas financeiras para empresas que necessitam de crédito, está com uma vaga aberta para Sales Development Representative. A atividade principal será orientar os novos investidores até estarem prontos para realizar seu primeiro investimento. Entre as atribuições, abordagem via telefone, whatsApp, chat, LinkedIn e videoconferência para ajudar na condução e aprovação do cadastro. Realizar pesquisa e levantamento de informações sobre os investidores que ainda não foram ativos. Além disso, fazer a passagem de investidores para os consultores de investimentos. Para se candidatar é necessário ter experiência com venda consultivas na área de tecnologia, conhecimento em marketing digital e ABM (Account Based Marketing), entendimento de frameworks de vendas (Spin Selling e vendas previsíveis), excelente comunicação verbal e capacidade de organização para lidar com alto volume de leads. Interessados podem enviar currículo para o e-mail: juvini@iouu.com.br

TopMed

TopMed oferece soluções na área de saúde especializada em atendimento à distância. Desde 2008, a empresa catarinense utiliza tecnologia de última geração. Com modelo de negócios focado no mercado B2B, a TopMed conta com serviços de telemedicina e outras vertentes dentro do setor de telessaúde e teletriagem, contando com profissionais de diversas áreas como psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentre outros. A empresa, está em busca de Diretor Executivo de Operações e Enfermeiro(a). Para se candidatar, acesse: https://site.vagas.com.br/VagasDe1Empr.asp?t=1349 

Sanar 

Sanar é detentora da maior plataforma de educação médica do país. Com atuação 100% online, a Sanar projeta ser, em quatro anos, a primeira empresa a estar presente em toda a jornada profissional dos médicos e outros profissionais da saúde. Hoje, a startup já possui clientes em mais de 5.000 cidades e 7 países como Argentina, Paraguai, Bolívia e Portugal. A startup está com oito vagas em engenharia de software, três vagas em marketing, quatro vagas para ‘’produtos’’, dentre outras. Para saber mais ou se cadastrar no banco de talentos da medtech, acesse: https://jobs.kenoby.com/sanar 

Startup lança a primeira plataforma gratuita que reúne todas as vagas de emprego do Brasil em um só lugar

Startup lança a primeira plataforma gratuita que reúne todas as vagas de emprego do Brasil em um só lugar

Apesar da crise que se instalou no país, por conta da pandemia do novo Coronavírus, muitas empresas aumentaram o número de contratações, abrindo novas oportunidades de trabalho durante esse período.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com o Sebrae, só nos últimos 30 dias, 12% das micro e pequenas empresas aumentaram o quadro de funcionários. Além disso, o índice de demissões nas empresas registra queda nos últimos três meses.

A busca por um emprego requer, muita das vezes, além de disposição para realizar as pesquisas, a sobra de uma verba para bancar os custos de acesso das centenas de milhares de sites que cadastram as vagas disponíveis nas empresas de todo o Brasil.

Sabe-se que o primeiro detetive particular do mundo apareceu no ano de 1850 na cidade de Chicago, Estados Unidos da América do Norte. Allan Pinkerton foi um dirigente sindical na Escócia e sendo perseguido pelo governo daquele país por questões políticas.

Em vista da falta de profissionais devidamente qualificados para serviços de rastreamento e varredura de vagas de emprego pelo país, e com o intuito de descomplicar a vida de milhares de brasileiros que buscam crescimento ou recolocação profissional, a startup Goowit lança dentro de sua plataforma o seu primeiro e único detetive particular. O #VagasPeloBrasil apareceu no ano de 2020, em meio à crise, trazendo em seu relatório de investigação mais de 135 mil postos de trabalho.

A proposta é que em apenas um clique o profissional vá direto ao encontro daquela vaga que tem tudo a ver com ele. O acesso é gratuito para os usuários, mas o CEO da Goowit Deibson Silva não parou por aí, colocou à disposição, gratuitamente, uma inteligência artificial, o Sherppy para treinar humanos e dar dicas ao desempregado de como voltar para o mercado de trabalho. 

Entre as vagas, os estados mais procurados são: São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília, Paraná e Santa Catarina. E as principais áreas são: Saúde, logística, TI, marketing/Marketing Digital.

“As mudanças vieram para ficar e o quanto antes o profissional fizer os ajustes, menos danos terá na carreira. Essa solução em Inteligência Artificial, que atua como Mentor Vocacional, ajuda os usuários no desenvolvimento de Soft e Hard Skills – habilidades comportamentais e técnicas, respectivamente-“, comenta.

A startup e rede social de recrutamento, que liga 300 mil usuários cadastrados na plataforma, programou seu algoritmo para fazer o match do candidato com a vaga desejada. O GOOWIT une Inteligência Artificial e People Analytics e faz a recolocação do profissional no mercado de trabalho. Combina desempregados e empresas com 99% de assertividade, reduz o tempo de contratação de 45 dias para 7 dias, além de garantir 30% de aumento na retenção de profissionais evitando, assim, prejuízos, já que Brasil é o 9º país do mundo que mais desperdiça dinheiro nas contratações e demissões.

Serviço:

Vagas Goowit: https://goowit.com/

Sobre Goowit: Primeira rede social do mundo que faz o match ideal entre instituições e profissionais, além de mapear o perfil comportamental de cada candidato por meio de uma inteligência artificial, batizada de Sherppy, voltada especificamente ao people analytics. O Goowit, hoje, conecta mais de 300 mil pessoas a mais de mil empresas cadastradas na plataforma.

Deibson Silva- Ceo da Startup Goowit: Pesquisador e neuropsicólogo pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Palestrante internacional e escritor e autor de 2 best-sellers: o Decifre e influencie pessoas e Decifre seu talento. Ele faz parte do seleto grupo de autores brasileiros que tem livro na biblioteca de universidade Harvard. Fundador e CEO do Goowit, rede social profissional focada no desenvolvimento de competências e recolocação do usuário no mercado de trabalho. Foi também criador do CIS Assessment, software e metodologia que já impactou mais de 700 mil pessoas e tem seus resultados validados pelo departamento de Estatística da Universidade Federal do Ceará (UFC) com 98,8% de precisão. Atualmente, também desenvolve projetos com inteligência artificial e machine learning.

Faça sua reserva e durma debaixo das rochas

Faça sua reserva e durma debaixo das rochas

O site americano de reservas de viagens norte-americano Hotels.com está oferecendo a chance das pessoas ficaram alguns dias debaixo das rochas. Os viajantes não terão acesso à internet, televisão ou qualquer outra coisa que mantenha informado das notícias que recebemos diariamente.  

A estadia fica em uma gruta, construída a 15 metros abaixo do solo, em algum lugar do Novo México e está sendo oferecida para pessoas que não querem principalmente receber notícias das eleições americanas.  

O ano de 2020 teve muitas notícias ruins, mas para quem vive nos EUA, as eleições podem trazer um cenário ainda mais negativo ao país. De acordo com um estudo, da Pew Research quase dois terços dos americanos estão exaustos com o grande volume de notícias que recebem diariamente. 

Quem fizer a reserva ficará de 2 a 7 de novembro, deste ano e pagará 5 dólares por noite, ou seja, a estadia completa fica em 25 dólares.  

Confira, o tweet sobre o local da estadia: 

Empregos em TI crescem 95% no Brasil

Empregos em TI crescem 95% no Brasil

O ramo de serviços em Tecnologia da Informação (TI) registrou crescimento de 95% no número de postos de trabalho em um período de 12 anos, como aponta um levantamento realizado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação no Paraná (Assespro-Paraná). 

O estudo constatou que, entre 2007 e 2019, houve a criação de 230 mil vagas de trabalho em todo o país. De 241 mil empregos no ramo em 2007, passou para 472 mil em 2019. O aumento de 95% no período foi possível mesmo com saldos negativos verificados em 2016 e 2017, por conta da crise econômica.

Por outro lado, o número de estabelecimentos em atividade no ramo de serviço de TI registrou queda: -9% entre 2007 e 2018. Eram 86 mil estabelecimentos no ramo em 2007, em todo o Brasil, e, em 2018, o total baixou para 79 mil.

NA PANDEMIA

Os bons resultados no amplo período analisado foram ratificados neste ano, mesmo com a pandemia do novo coronavírus e seus impactos socioeconômicos. No acumulado entre julho de 2019 e julho de 2020, o Paraná manteve saldo positivo (de 6%) entre admissões e desligamentos no ramo de serviços em TI, segundo outro boletim desenvolvido pela entidade.

A taxa de variação positiva no saldo de empregos entre as empresas paranaenses foi praticamente duas vezes maior que os 3,2% registrados no Brasil. “O ramo de serviços em TI, em particular no Paraná, mostrou capacidade de ‘resiliência’ diante da crise. A ampliação de empregos nesse ramo reafirma a importância das atividades em TI para o desenvolvimento do país”, assinala Adriano Krzyuy.

O estudo foi feito a partir de dados do Relatório Anual de Informações Sociais (Rais) consolidado agora em 2020. O Rais é produzido atualmente pelo Ministério da Economia e reúne declarações feitas obrigatoriamente por todos os estabelecimentos empregadores do país, entre janeiro e março de cada exercício.

NO PARANÁ

No Paraná, o desempenho, tanto em geração de empregos como em estabelecimentos em atividade, superou a média nacional. O crescimento no número de postos de trabalho, por exemplo, foi da ordem de 160%.

De 10 mil pessoas empregadas no ramo de serviços em TI em 2007, o estado saltou para mais de 27 mil em 2018. O professor Victor Manoel Pelaez Alvarez, do Departamento de Economia da UFPR, observa que o saldo foi bastante favorável, mesmo com quedas verificadas em 2015 e 2017. “Quedas essas associadas à crise econômica mais intensa do país, nesse período.”

Já o número de estabelecimentos no ramo de serviços em TI subiu 29%, entre 2007 e 2018. Eram pouco mais de quatro mil ativos em todo o Paraná, em 2007, saltando para seis mil em 2018. “Com isso, o Paraná se estabeleceu entre as quatro unidades da federação com maior participação no total de estabelecimentos ativos no ramo de serviços em TI”, sublinha o presidente da Assespro-Paraná, Adriano Krzyuy.

O Paraná responde por 7% dos estabelecimentos, à frente do Rio Grande do Sul (6%), Santa Catarina (5%) e Distrito Federal (2%). Os três primeiros postos do ranking são ocupados por São Paulo (52% dos estabelecimentos), Minas Gerais (8%) e Rio de Janeiro (8%).

Adriano Krzyuy cita como relevante, também, a tendência de interiorização do ramo de serviços em TI, no Paraná. Ele observa que, de 2017 para 2018, a taxa de crescimento de emprego no ramo, em todo o estado, foi de 16%. Em dois municípios do interior esse incremento ficou acima da média: Maringá (32%) e Cascavel (18%). Destaque, ainda, para Pato Branco, com alta de 16%, mesmo índice de aumento verificado na capital, Curitiba.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie um e-mail para contato@tempodeinovacao.com.br

× Como posso te ajudar?